Horários, preços e história do Museu dos Coches

Horários do Museu dos Coches

Terça a domingo, das 10h00 às 18h00. Última entrada, às 17h30.

Encerrado:
Segundas-feiras, 1 de janeiro, 1 de maio, Domingo de Páscoa, 24 e 25 de dezembro, 13 de junho.

Morada: Avenida da Índia nº 136. 1300-300 Lisboa.
Ligação ao sítio oficial

Preços do Museu dos Coches

Novo Museu Nacional dos Coches – 8,00 €.
Museu Nacional dos Coches – Picadeiro Real – 4,00 €.
Bilhete Coches (Picadeiro Real + MNC) – 10,00 €.

    Descontos:

  • Visitantes com idade igual ou superior a 65 anos* – 50%.
  • Cartão de estudante não enquadrado em visita de estudo – 50%.
  • Cartão Jovem – 50%.
  • Bilhete Família (a partir de 4 elementos com ascendência directa de 1º grau ou equiparado) – 50%.
  • Bilhetes Circuito
    Calçada Real – Museu dos Coches, Novo Museu Nacional dos Coches + Palácio Nacional da Ajuda – 12,00 €.

 

    Isenções: Mediante comprovativo

  • Domingos e Feriados das 10.00h às 14.00h – todos os cidadãos residentes em território nacional.
  • Crianças e jovens até aos 12 anos (inclusive).
  • Visitantes em situação de desemprego residentes na União Europeia.
  • Visitantes com mobilidade reduzida com grau de deficiência superior a 60% e 1 acompanhante.
  • Membros da APOM/ICOM e ICOMOS.
  • Investigadores, conservadores, restauradores, profissionais de museologia e/ou património em exercício de funções
    Membros de Associações Culturais.
  • Jornalistas – comprovadamente, no desempenho das suas funções, mediante comunicação prévia – 7 dias úteis de antecedência.
  • Voluntários em exercício na DGPC e 1 acompanhante.
  • Professores e alunos de qualquer grau de ensino, incluindo Universidade Sénior ou de 3ª idade, no âmbito de visitas de estudo e mediante marcação prévia junto dos serviços.

História do Museu dos Coches

O Novo Museu dos Coches surge em Belém como um equipamento cultural mas também como um lugar público.
Convergiram assim duas preocupações, por um lado a necessidade imperativa de aumentar a área expositiva do museu assim como a sua infraestrutura técnica de apoio, mas também a indispensabilidade de criar novas valências para o público daquele que é o museu mais visitado do país. O novo edifício do Museu dos Coches é constituído por um pavilhão principal com uma nave suspensa e um anexo, com uma ligação aérea, que assegura a circulação entre os dois edifícios A disposição espacial destes corpos cria uma espécie de pórtico que aponta para uma Praça interna de acesso livre, para onde também se viram as construções antigas da Rua da Junqueira que se constituem como memória de vivências históricas passadas, assim como zona de passeio público.O Novo Museu inclui espaços para exposição permanente e temporária, áreas de reservas e uma oficina de conservação e restauro que contribuirá para o desenvolvimento da conservação e restauro deste tipo de património. Foram concebidos novos espaços destinados, à Biblioteca, ao Arquivo assim como um Auditório que potencia a realização de um conjunto de atividades culturais que vêm engrandecer a programação pública do museu.Para acolhimento dos visitantes foram programados espaços de restauração, uma Loja do Museu.
O Picadeiro Real
A 23 de maio de 1905 foi inaugurado em Lisboa o «Museu dos Coches Reaes» iniciativa da rainha D. Amélia d’Orleães e Bragança, princesa de França e casada em 1886 com o futuro rei de Portugal D. Carlos I.O local escolhido para instalar o primeiro museu de coches do mundo foi o salão do antigo Picadeiro Real, que desde essa data até ao dia 23 de Maio de 2015 albergou o Museu Nacional dos Coches.O sucesso foi grande mas logo de início a falta de espaço fez-se sentir e é a própria rainha que em 1906 encomenda um novo projeto para ampliar o museu e poder expor as restantes viaturas da Casa Real guardadas nas cocheiras de diversos palácios. Após a implantação da Republica a 5 de outubro de 1910, a coleção do museu aumenta com a chegada de um conjunto de coches e berlindas da extinta Casa Real como ainda com viaturas provenientes dos bens da igreja.Em memória do excelente trabalho de proteção e divulgação deste património, permanece no espaço do Antigo Picadeiro, um núcleo expositivo visitável com coches e berlindas, a galeria de pintura da família real, assim como um conjunto de acessórios de cavalaria.
Conteúdos editados pela DDCI.

Transferes e tours em Lisboa

O seu transfere e tour privado em Lisboa 24/7 todo o ano. Transferes e tours privados com carros, minivans, minibus e autocarros de turismo.


 

E-mail: info@fernandolopes.pt

Telemóvel: +351 969 550 167

Telefone: +351 211 315 522

Whatsapp: +351 969 550 167

Agência de Viagens e Turismo a operar em Lisboa, Portugal

Registo no Turismo de Portugal
R.N.A.V.T. :5266